EU SOU Esperança às Nações

Publicado por Equipe de Comunicação, em 04/03/2018

"Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6)

Quando Moisés foi chamado por Deus para libertar o povo de Israel do Egito, Deus lhe disse: "Diga que o Eu Sou te enviou". Deus estava dando continuidade ao seu projeto de fazer com que Israel fosse bênção a todas as nações. Por isso, Ele dizia: "Eu sou o eterno, o único Deus Todo Poderoso". Foi seguindo essa orientação que Moisés fez a obra libertadora.
Jesus veio ao mundo e disse várias vezes a expressão "Eu Sou ". Ele a utilizou para falar daquilo que Ele faz, daquilo também que Ele pretendia fazer com as pessoas. Em todas elas, está a ideia da libertação. Nós condensamos essa ideia em nossa divisa para este ano: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim".
O mundo precisa conhecer o verdadeiro Eu Sou e entender que há esperança em Jesus. Cristo se apresentou às pessoas como resposta de Deus à humanidade. Ele é a Esperança. Por isso nós dizemos: Eu sou esperança às nações. Você que tem Jesus se tornou esperança às nações quando encontrou Cristo e decidiu segui-lo. Você pode dizer que é esperança às nações quando ora, quando contribui, quando mobiliza.
Quando você vai ao campo em uma viagem missionária, numa caravana voluntária, num projeto de socorro humanitário de Missões Mundiais, você é a esperança. Você pode dizer: Eu sou esperança às nações porque estou aqui, representando Aquele que é a verdadeira esperança!

Pr. João Marcos Barreto Soares
Diretor executivo de Missões Mundiais