Testemunhos Missões 2018 II

Publicado por Equipe de Comunicação, em 01/04/2018

Pessoas que se Doam
"Igrejas apaixonadas por missões usam de todo amor, criatividade e dedicação para envolver outras pessoas com a nossa causa: Anunciar o Grande Eu Sou ao mundo" 

Bonecas missionárias 

Minha mãe, Camila Ferreira de Farias, tem 87 anos, ama missões e é adotante desde os anos 1990. Na época, ela fazia o envio da oferta através do valor que meu pai lhe dava.
Em 2007, quando meu pai ficou doente, ela ficou muito abatida e triste, e para mantê-la ocupada, a psicóloga e a médica recomendaram que ela tivesse uma distração. Ela sempre gostou muito de trabalhos manuais e fazia bonecas para presentear netas e amigas, daí resolveu fazê-las para vender e direcionar parte do dinheiro para acrescentar à oferta de missões. 
Em 2017, Deus convocou meu pai às mansões celestiais, com quem ela foi casada durante quase 70 anos. Ao se perceber cheia de encomendas, minha mãe tomou uma decisão que nos surpreendeu: embora seja pensionista, ela passou a sustentar as doações para o Programa de Adoção Missionária (PAM) com a venda das bonecas. É difícil enumerar quantas bonecas ela já fez, mas ela separa o dinheiro da oferta, retira o dízimo, e o restante é entregue para o programa de missões da igreja local. As encomendas nunca faltam.
Sempre que ela oferece a boneca para alguém, vai logo explicando que elas ajudam a sustentar "missionários no estrangeiro".
Minha mãe leva de oito a dez dias para finalizar cada boneca que, como ela sempre diz, "tem que ser perfeita, porque elas são missionárias".

Francisca Antônia Ferreira Farias, 
SIB São Luís/MA

Vida para os refugiados

As Mensageiras do Rei da nossa igreja mobilizaram os membros em prol da crise humanitária que atinge 65 milhões de pessoas no mundo. Elas organizaram o Culto dos Refugiados. O objetivo foi promover missões, ou seja, como diz o quinto ideal da organização: "Aceitarei a responsabilidade da Grande Comissão". E o mais importante foi mostrar como a igreja pode ajudar com orações, testemunho e boa recepção em apresentar o único e verdadeiro refúgio que eles podem encontrar, o Senhor Jesus Cristo. A oferta levantada nas bancadas dos países foi integralmente para Missões Mundiais.

Camila dos Santos Pereira
IB Braz Cubas, Mogi das Cruzes/SP